Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

16/09/2019 - 05:26

Sao Luis: Nuvens Dispersas, 26 °C

Setembro Amarelo: lançada campanha de prevenção ao suicídio no MA

Setembro Amarelo: lançada campanha de prevenção ao suicídio no MA

O Setembro Amarelo, campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, foi lançado nesta segunda-feira (9) pelo Governo do Estado, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), com a participação de autoridades e estudantes da instituição. Este ano, a temática é “Converse, conte comigo. Escolha viver!”.

“Precisamos conversar, falar sobre suicídio, isso precisa deixar de ser um tabu. Temos ações durante todo o ano, mas vamos ter um mês de intensificação dos cuidados. Vamos ter uma série de palestras e ações durante todo mês, inclusive em escolas estaduais, para todos falarmos de como é importante celebrar a vida e cuidar uns dos outros”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Um dos focos este ano é o público jovem, uma vez que é preciso reforçar a importância da saúde mental como fator de desenvolvimento humano. “O IFMA está na vanguarda da discussão desses problemas. Na medida de que a gente discute essas temáticas com pessoas com idades mais jovens, estamos criando escudos para que em médio e longo prazos esses problemas sejam evitados”, destacou o diretor executivo no exercício da reitoria do IFMA, Agenor Almeida Filho.

Presente na mesa de abertura, a secretária de Estado extraordinária da Juventude, Tatiana Ferreira, ressaltou que o combate e prevenção ao suicídio é uma agenda coletiva, que deve envolver toda sociedade, afinal a depressão é um problema de saúde e também social.

“Formamos uma rede de assistência. A campanha é uma questão que pode ser a saída para buscar um caminho real de apoio. As pessoas têm medo de falar de suicídio, mas quando trazemos essa temática, percebemos o quanto é importante alinhar ações conjuntas. É fundamental conversar com as pessoas”, disse.

Campanha

Segundo a chefe do departamento da Atenção à Saúde Mental da SES, Isabelle Araújo, o Setembro Amarelo é uma chamada para se falar da valorização da vida. Por isso, palestras, rodas de conversa, seminários e outras ações com diversos públicos vão fazer parte da programação da campanha.

“Precisamos falar da promoção da saúde mental e de qualidade de vida. Os jovens anseiam por tantas coisas, mas às vezes se frustram e podem ter um vazio existencial. Devemos promover estratégias de cuidados de saúde mental e quebrar o tabu”, salientou.

Voluntário da campanha, o estudante Kaio Azevedo, de 16 anos, acha importante abordar o assunto com os jovens. “Muitos casos estão acontecendo com os jovens, eles estão morrendo por tristeza e por se sentirem sozinhos. Não devemos julgar, mas abraçar a causa. Esperando que mais jovens abracem essa causa. Ainda é um assunto tabu, muita gente tem depressão e esconde”, disse.

Segurando um cartaz escrito “Abraço grátis”, a estudante do segundo ano Claudiana Oliveira, de 16 anos, também reforça a necessidade de levar informações aos estudantes. A jovem tem amigos que tiveram depressão e até tentaram suicídio. “A gente vive uma era em que muitos jovens sofrem de depressão e ansiedade. E essas campanhas servem para mostrar que não estamos sozinhos e que há uma saída”, falou.

Programação desta semana

Terça-feira (10/09) – Campanha do Setembro Amarelo (Rede do Bem) – Centro de Apoio Operacional de Direitos Humanos do Ministério Público;
Quarta-feira (11/09) – Roda de Conversa e Projeto “Pipoca Terapêutica” – Atividade Educativa no Hospital Nina Rodrigues;
Quinta-feira (12/09) – Roda de conversa sobre “Suicídio e dependência química: Compreendendo para Prevenir” – Unidade de Acolhimento;
Sexta-feira (13/09) – Curso de Pintura ofertado pelo SESC e parceria do CAPS Bacelar Viana.

Com informações do Governo do Maranhão.

Foto: Divulgação.





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg