Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

18/10/2019 - 11:49

Sao Luis: Pequenas Nuvens, 30 °C

MA classifica 9 equipes nas semifinais do JEJ 2019

MA classifica 9 equipes nas semifinais do JEJ 2019

Os atletas das modalidades coletivas, campeões dos Jogos Escolares Maranhenses, iniciaram no último sábado (21), as disputas na etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) 2019.  O evento que ocorre em Natal, no Rio Grande do Norte, conta com jogos de handebol, futsal, basquete e voleibol. Nas categorias infantil e infanto, no feminino e masculino.

O Governo do Maranhão por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), levou 140 alunos-atletas para que participassem da maior competição estudantil do país, além de garantir  a ida de oficiais, chefes de delegações, fisioterapeutas e técnicos.

A chefe de delegação do Maranhão, Rosana Motta, demonstrou-se esperançosa sobre a classificação do estado para a fase final dos JEJ 2019 que ocorre em novembro em Blumenau.
"Estamos muito felizes por termos trazido 13 equipes e classificado 9 para as semifinais dos jogos. Esperamos que as equipes se classifiquem para a fase nacional dos JEJ, e levem o maior número de medalhas para o nosso estado", declarou Rosana Motta.

Da escola Ariston Carvalho de Mesquita, localizada na cidade Nina Rodrigues, as atletas da modalidade futsal, na categoria infantil feminino, deram um show na quadra do Colégio Master de Natal durante a primeira disputa contra o Piauí.

As alunas atletas que nunca tinham participado de uma competição desta magnitude, ganharam de goleada a primeira disputa dos JEJ, mas perderam os dois jogos seguintes.  Mesmo desclassificadas, as meninas saíram da quadra de forma otimista. A capitã do time, Maira Eduarda Diamantina, de 13 anos, disse que ela e todo o time irão se empenhar ao máximo para que a escola Ariston Carvalho de Mesquita, leve o tão sonhado troféu e a tão desejada medalha de ouro ao Maranhão. "Não vamos deixar que essa derrota nos abale, vamos treinar ainda mais para levarmos esse troféu para o nosso estado. Só o fato da gente ter conseguido chegar até aqui  já somos vitoriosas", falou Maira Eduarda Diamantina.

O técnico do Instituto Bom Pastor de São Luís, Alajohny Silva, que teve os times  das categorias infantil e infanto masculino classificados para semifinais dos JEJ , disse que os bons resultados são fruto dos treinos dos atletas."Temos a sensação de dever cumprido, nós viemos para Natal com a intenção de passar para a semifinal, agora que já nos classificamos, vamos atrás da vaga para etapa nacional em Blumenau. O esporte é um espaço democrático que iguala o rico do pobre, o que vai fazer diferença são os treinos e as técnicas adotadas por cada um", disse o técnico.  

A aluna da Unidade de Ensino Vale do Aço (Univale), de Açailândia, Emilly Waleska, de 16 anos, disse que participar dos Jogos Escolares da Juventude não é uma experiencia nova, mas que chegar à grande final é um dos objetivos.

"Mesmo não sendo uma experiência nova para mim, mas a sensação continua sendo a mesma  e com um êxtase diferente por não saber como vai ser a classificação.  A nossa expectativa nas semifinais agora é nos superarmos e vencermos", contou a atleta.As competições dos Jogos Escolares da Juventude que seguem até terça-feira (24), são organizadas e realizadas pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), com patrocínio da Coca-Cola, parceria da Ajinomoto e do Grupo Globo, e apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

Informações SEDEL

 





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg