Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.

suaCidade

São Luís

18/10/2019 - 10:31

Sao Luis: Pequenas Nuvens, 29 °C

Maranhão conquista 7 medalhas durante os Jogos da Juventude

Maranhão conquista 7 medalhas durante os Jogos da Juventude

Muita emoção durante a fase Regional Azul dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), realizada em Natal (RN). O Maranhão, que levou 13 equipes e classificou 9 para a semifinal, conquistou 7 medalhas. No total, foram 140 alunos-atletas maranhenses, de escolas públicas e particulares, participando do maior evento esportivo do País.

As competições ocorreram nas modalidades coletivas, como: vôlei, basquete, futsal e handebol; nas categorias 12-14 e 15-17 (masculino e feminino). As disputas  foram iniciadas no sábado (21) e encerradas na última terça-feira (24).

A chefe da delegação do Maranhão, Rosana Motta, disse que mesmo que alguns times não tenham se classificado para a etapa nacional dos JEJ, essa foi uma oportunidade para que os atletas sentissem o nível dos competidores.

"Tudo é aprendizado. Se aprende também com as derrotas. Então, eles puderam sentir o nível dos outros competidores e isso vai estimular, tanto os atletas como treinadores, trabalharem mais intensamente para o ano que vem", relatou a chefe da delegação do Maranhão.

O Instituto Bom Pastor, que estava representando  o Maranhão, na modalidade futsal, garantiu a vaga para etapa nacional que acontece  em novembro, em Blumenau (SC), depois de ter ficado 2° lugar na disputa contra  a Paraíba, na categoria Infantil Masculino.

As outras 6 equipes maranhenses ganharam o bronze e ficaram entre os 3 melhores do Nordeste. Como é o caso do Colégio Educallis, que conquistou a terceira posição na modalidade basquete, categoria 12-14, feminino.

Com 40 anos de experiência no treino de equipes de basquetebol, o técnico do Educallis, Herberth Batista, disse que é importante saber que a equipe do basquete infantil feminino conquistou a medalha em sua primeira competição. "É muito gratificante ter sido bronze durante os JEJ, já que as meninas são de primeira viagem e nunca tinham saído do Estado para competir. Foi um aprendizado para todas elas, Vi em todas a vontade aprender", afirmou o treinador.

Maryane Raquel Melo, de 13 anos, aluna do Colégio Educallis, disputou pela primeira vez os JEJ, na modalidade infantil. A atleta disse que ficou feliz com o bronze e que vai treinar ainda mais para levar o ouro em 2020.

"Essa foi uma experiência muito boa. Independentemente do resultado negativo ou positivo, teve bastante aprendizado e houve uma evolução. Não espero a hora de participar no próximo ano, já que todo mundo que disputa a primeira vez quer um bis e conquistar uma classificação melhor", afirmou a atleta.

No handebol, o Centro de Ensino Barbosa de Godóis, conquistou a terceira posição nas duas categorias, infantil feminino e infanto feminino. O time, que tem como técnico Eduardo Telles, teve algumas dificuldades e não garantiram a primeira posição. "Sabemos que muitas escolas gostariam de estar onde a gente esteve. Conquistamos duas medalhas. Isso serve de incentivo para que outras escolas públicas do Maranhão desenvolvam um trabalho sério no esporte. Esse ano tivemos alguns erros, mas iremos corrigir para as futuras competições", falou Eduardo Telles.

Breenda Vitoria Oliveira, 13 anos, disse que só tem a agradecer aos técnicos Eduardo Telles e Carlos Alberto Santos, que acreditaram no seu potencial e as trouxeram para disputar a fase Regional Azul dos JEJ. "Foi um orgulho participar dos JEJ. Fomos muito bem treinadas pelos nossos técnicos. Treinamos todos os sábados e obtivemos esse resultado, mesmo participando pela primeira vez de um campeonato. Só tenho a agradecer aqueles que acreditaram em nosso potencial", falou Breenda.

Diretamente de Carutapera, os atletas da escola Moacir Heráclito, conquistaram a 3° posição no voleibol infantil masculino. O técnico, Geraldo Mendonça, disse que o objetivo era passar a primeira fase e analisar as próximas. "Nós trabalhamos com os alunos do Maoacir Heráclito a aproximadamente 2 anos e meio. O resultado não foi do jeito que esperávamos, mas foi bom para eles ganharem experiência", falou o técnico.

Medalhistas
Basquete Infantil Feminino  - Educallis
Futsal Infanto Masculino -Instituto Bom Pastor
Voleibol Infanto Feminino -Unevale (Açailândia)
Handebol infantil Feminino - Barbosa de Godóis
Voleibol Infantil Masculino -Moacir Heráclito (Carutapera)
Handebol Infanto Feminino - Barbosa de Godóis
Futsal Infantil Masculino -Instituto Bom Pastor

Informações Sedel





Enquete

Você é a favor da Reforma da Previdência?:

 

E-mail:

greg